domingo, 22 de março de 2015

Vou levando assim

O coração velho e moço que eu carrego
tem tantos conflitos e medos.
Acho que é enganoso, não, tenho certeza que é.
Por seu pulsar dei um salto,
fechei os olhos e pisei em falso.
Se eu não tivesse ido, por sentir,
teria sido melhor?
Eu não sei, mas...

"Vou levando assim
Que o Acaso é amigo
Do meu coração
Quando fala comigo
Quando sei ouvir"
Um pequeno devaneio em forma de texto.

Beijos, Jé

Nenhum comentário:

Postar um comentário